Tudodvet

Conheça a ação da Rutina na saúde cardiovascular do seu gato

Extraída da planta brasileira Dimorphandra mollis, a Rutina é um bioflavonóide com aparência de pó fino amarelo-esverdeado. Esse ativo é conhecido por suas propriedades antioxidantes e por ter a habilidade de aumentar a resistência dos capilares, vasos sanguíneos, regulando a sua permeabilidade.

É utilizada para o tratamento de diversos estados que se caracterizam por hemorragia e excessiva fragilidade capilar.

Seu mecanismo de ação se dá através da inibição da COMT (Catecol-Oxi-Metil-Transferase), permitindo um aumento na duração da ação catecolaminérgica. Isso é, o aumento da resistência vascular que se soma ao efeito inibitório sobre a elastase e hialuronidase, componentes naturais do tecido conjuntivo, que ao serem inibidas, aumentam a resistência das paredes vasculares, o qual se conhece como efeito vitamínico P.

Pesquisas recentes demonstraram que a Rutina é uma opção de tratamento para gatos com quilotórax idiopático, havendo melhora clínica com:

– Redução do vazamento de sangue pelos vasos;

– Aumento da proteólise e a remoção de proteínas dos tecidos;

– Aumento da fagocitose dos macrófagos no quilo, resultando na duplicação do espaço pulmonar funcional em aproximadamente 20 dias.

Além disso, a Rutina tem se destacado em função das suas diversas atividades farmacológicas. Entre as atividades terapêuticas, estão:

– Neuroproteção;

– Anticonvulsivante;

- Anti-inflamatório;

– Anti-hipercolesterolêmico;

– Anticâncer;

– Antibacteriano,

– Antiviral,

– Imunomodulador,

– Hepatoprotetor,

– Nefroprotetor.(6)

Estudos demonstraram que quando aplicado topicamente apresenta ação na Dermatite Atópica, pois age na supressão das interleucinas (IL)-4, IL-5, IL-13, IL-31, IL-32 e interferon (INF)-c no tecido.(6).

Outro estudo comprovou que lesões de ratos, quando tratados topicamente com a Rutina, tiveram diminuição na área da ferida em comparação com o grupo controle, com formação definida de um novo epitélio e granulação mais espessa, mais próxima do o tecido epitelial original.(6)

A equipe Tudodvet desenvolveu uma fórmula adaptada ao seu felino, seja para o tratamento de quilotórax idiopático felino ou para tratamento da doença renal crônica em gatos.

CONTRA-INDICAÇÕES
Não administrar em animais prenhes

DOSES RECOMENDADAS

GATOS: 30 mg/kg a cada 24 horas e 50 mg/kg a cada 12 horas, via oral (efusão pleural).

CÃES: 35 mg/kg a cada 24 horas, vira oral.

SUGESTÃO DE FORMULAÇÕES

1) SUPLEMENTAÇÃO INDICADA PARA O TRATAMENTO DE QUILOTÓRAX IDIOPÁTICO FELINO

Rutina 30 mg/kg

Pasta oral qsp 1 dose

Posologia: dar 1 dose a cada 12 horas ou a critério do médico veterinário.

2) SUPLEMENTAÇÃO COM AÇÃO NEFROPROTETORA INDICADA PARA TRATAMENTO DA DOENÇA RENALCRÔNICA EM GATOS

Rutina 30 mg/kg

Astragalus 50 mg/kg

Cordyceps 7 – 25 mg/kg

Pasta Oral qsp 1 dose

Posologia: dar 1 dose a cada 24 horas ou a critério do médico veterinário.

Open chat
Fale com a Tudodvet!