Tudodvet

5 dicas de como melhorar a convivência entre cães e gatos

Cães e gatos convivendo no mesmo ambiente parece ser impossível, não é?! Mas essa rivalidade não passa de apenas um mito. A convivência entre esses dois bichinhos tem se tornado muito comum e, por diversas vezes, dessa interação surge uma amizade inseparável. 

Além disso, independente de qual espécie você irá escolher para adoção, é importante ter atenção e cautela na adaptação ao seu novo lar. Se por acaso você ainda não decidiu sobre a adoção dos seus pets, a interação entre os dois animais ainda filhote será bem mais fácil. Ambos estarão em um novo ambiente, no momento em que eles ainda são bastante carentes e dóceis, e dificilmente ocorrerá alguma estranheza por disputa de território.

Mas se já existe um anfitrião, você deve tomar alguns cuidados, para evitar que haja conflitos, ciúmes e até mesmo competição entre eles. Por isso, listamos 5 dicas que irão te ajudar nessa aproximação de forma tranquila

  1. Trate ambos animais da mesma forma

Assim como nós, os animais também lidam com diversos sentimentos. Saudades, lealdade, raiva e ciúmes. Se você tem mais de um pet em sua casa, você jamais deve tratá-los de forma diferente, isso incentiva ainda mais o sentimento de rivalidade e competição entre eles

A mesma atenção, cuidado e carinho que você irá oferecer ao seu cão, deve ser oferecida ao seu gato, e vice-versa. 

  1. Faça brincadeiras para interação

Uma forma bem bacana para aproximar os bichinhos é proporcionar brincadeiras que seja possível para ambos. Por exemplo, jogar bolinhas, nessa situação você deve ter duas, em que cada pet irá em busca da sua.

Outra forma bem legal é utilizar um bastão com barbante e, na ponta, você pode colocar um outro brinquedo, isso fará com que eles fiquem animados tentando alcançar o objeto juntos. 

  1. Fique atento às atitudes do seu cão

Os cachorros são animais muito sociáveis, e a sua animação para brincadeiras é um tanto frenética, mas algumas vezes é preciso repreendê-lo para que essas situações não deixem o seu gato desconfortável. Você pode tentar desviar a atenção do seu cachorro para brinquedos no qual ele mais gosta, e para o gato, adaptar algumas saídas de fuga. Se essa opção parecer muito complicada, você pode procurar a ajuda de um adestrador. 

  1. Adapte a casa em dois ambientes

Apesar de ambos bichinhos viverem na mesma casa, ainda sim é necessário que cada um tenha o seu espaço. Mantenha a comida e a água do seu cachorro em um local e a do gato em outro. Dessa forma, você irá facilitar a adaptação dos bichinhos, aos poucos cada um deve se acostumar com a presença do outro.  

  1. Crie momentos especiais com os pets

Todo animalzinho adora ser mimado e ganhar petiscos deliciosos. Uma das formas de você tornar um momento bem simples em algo especial é comprar sashes, biscoitinhos ou snacks da preferência de cada pet, e proporcionar uma refeição especial em conjunto

Para o começo, você pode manter uma certa distância entre os bichinhos, com o passar do tempo, observe se ambos já se sentem mais confortáveis e faça a aproximação.

E aí, você curtiu as nossas dicas? 

O que você mais precisa para colocá-las em prática é paciência, disciplina e atenção. Caso você ainda sinta muita dificuldade, ou as dicas não conseguem resolver os seus problemas, recomendamos você pedir ajuda de um veterinário e um adestrador. 

Open chat
Fale com a Tudodvet!