Tudodvet

Pós-biótico: o futuro da saúde intestinal

Definição:

O pós-biótico é um complemento alimentar para cães e gatos, que consiste na tributirina microencapsulada. A tributirina apresenta três moléculas de butirato, uma substância que já é produzida naturalmente pelas bactérias boas que habitam o intestino, ligadas a uma molécula de glicerol. Desta forma, temos uma substância sintética muito parecida com aquela que já produzimos e que é benéfica para a saúde do animal.

Indicações:

É indicado para qualquer situação que desafie a integridade digestiva dos animais, pois colabora com a recuperação da mucosa intestinal e com a otimização da capacidade de absorção de nutrientes.

Por isso, pode ser utilizado em:

Animais jovens, pois favorece o rápido desenvolvimento da mucosa intestinal, aumenta a resistência a agressores externos (mecânicos e bacterianos) e estimula o crescimento de microrganismos benéficos;

Processos agudos, como a diarreia, até a normalização da evacuação;

– Durante e após o uso de antibióticos, a fim de se evitar desconforto gastrointestinal;

Processos crônicos, como constipação, síndrome do intestino irritável, doenças inflamatórias intestinais, intolerâncias e alergias alimentares, controlando os sintomas;

– Em animais obesos ou diabéticos que estão em processo de emagrecimento, dada a ação do butirato em quadros de resistência à insulina, perda de peso e modulação da saciedade.

Dose recomendada (cão e gato):

– Recomendamos que os grânulos do pós-biótico sejam utilizados junto à alimentação;

– A dose recomendada é de 300 – 500 mg/dia;

– Vem com sabor agradável de banana, para conquistar os pets;

– Não deve ser associado a outros ativos e deve ser manipulado de maneira isolada na cápsula ou sachê, a fim de manter a integridade do microencapsulamento.

Formas farmacêuticas: sachês ou cápsulas.

Open chat
Fale com a Tudodvet!