Tudodvet

Saiba algumas dicas importantes para adoção responsável de pets

Adotar um pet sempre traz mais alegria para nossas vidas, mas ter essa atitude requer muita responsabilidade e cuidados que precisam ser avaliados antes de levar um animalzinho para sua casa. 

Somente no Brasil, 30 milhões de animais foram abandonados, cerca de 10 milhões de gatos e 20 milhões de cães. Esses dados foram registrados antes da pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS). 

Os números dessa pesquisa reforçam como é muito importante você estar ciente de todos os requisitos necessários para adotar um animal de estimação. Além disso, o abandono de animais é crime, segundo o artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais (9.605/98), é uma forma de maus-tratos que pode levar de três meses a um ano de detenção, ou pagamento de multa para quem praticá-lo. 

Pensando nisso, a Tudodvet selecionou algumas dicas que irão te ajudar na decisão de adotar um pet de forma responsável. Confira! 

  • Pesquise sobre o animal  

Antes de adotar um pet, faça uma pesquisa sobre a raça, quais os cuidados e se eles se adequam ao seu estilo de vida. É muito importante verificar se você tem alergias para evitar desconforto na convivência com seu bichinho.

  • Tenha consciência dos gastos

Todo animal precisa de acompanhamento veterinário, uma dieta saudável e um ambiente harmonioso. Ao adotar um bichinho, saiba que você terá despesas relacionadas com a saúde e alimentação dele.

  • Realize a castração

Fazer a castração é uma opção para evitar filhotes indesejados se você não deseja ter ou já tiver mais de um pet em sua casa. Além disso, a castração pode prevenir o aparecimento de algumas doenças, como o tumor de mama nas fêmeas e o câncer na próstata nos machos. 

  • Cuide da saúde física e mental do animal 

Proporcionar um lar aconchegante é essencial para que seu bichinho tenha uma vida mais feliz.   

Principalmente, quando estamos falando de gatos, ao contrário do que algumas pessoas pensam, esses animaizinhos precisam de muito carinho, atenção  e cuidado, mesmo que eles sejam conhecidos por serem independentes. O abandono e maus-tratos aos animais podem causar depressão e ansiedades.    

  • Ofereça um lar seguro e acolhedor 

Ao adotar um bichinho de estimação, evite deixá-lo solto na rua, ainda mais se suas vacinas não estiverem em dia. Isso evitará acidentes, brigas com outros animais e a prevenção de doenças.

Outro ponto importante, é que se você já tem um animal em sua casa, procure fazer a adaptação de ambos de forma paciente e devagar. É comum que nessas situações os bichinhos venham a sentir ciúmes, mas com muita cautela é possível torná-los grandes amigos.

Se você concorda e acha que todas essas dicas são possíveis de serem realizadas sem nenhum problema, você estará apto a adotar o seu animalzinho de forma consciente de todas as responsabilidades.  

Adotar um pet é um ato de muito amor e carinho, e é essencial que você esteja preparado para incluí-lo por muito tempo em sua vida.

Open chat
Fale com a Tudodvet!